Ainda não sabe para onde ir?
Veja nossas dicas de viagem:

Para a Família
Para a Galera
Para Relaxar
Agito e Curtição

6 dicas imperdíveis para você conhecer a praia do Campeche

06 de Fevereiro de 2018 - Tempo de Leitura:


  Compartilhar Whatsapp, Facebook

Se você ainda não conhece este paraíso chamado praia do Campeche, precisa conhecer imediatamente, viu?! Pois você não tem ideia do que está perdendo. São infinitas as belezas desse lugar. Você irá se encantar e não irá querer voltar pra casa. Até porque, pode-se dizer que, Deus, quando fez a praia do Campeche, estava muito bem inspirado, pois caprichou (e muito), viu?! Quem conhece, tem certeza disso. Portanto, quem ainda não conhece, precisa reservar um tempinho para conferir essa maravilha de perto. E, foi pensando na sua viajem à Campeche, que resolvemos da 6 dicas para você conhecer a praia do Campeche “virtualmente”, pois, quando chegar lá, o que foi visto em sua tela, poderá ser visto ao vivo e a cores. E isso é muito melhor, não é mesmo?

Confira as dicas para conhecer a praia do Campeche:

 

1- Ilha do Campeche: Um verdadeiro sonho

A ilha do Campeche fica em frente a uma praia de Florianópolis (que também é uma ilha) chamada Campeche, na região sul. Lá, a areia clara, as águas cristalinas e o verde da vegetação criam um contraste único. E isso faz da ilha, um lugar incrivelmente especial. Mas para chegar a este paraíso, existem 3 pontos de saída de barcos: praia da Armação, praia do Campeche e Barra da Lagoa. Ah, e vale lembrar que, o melhor a fazer é iniciar o passeio na primeira hora da manhã, para que possa aproveitar ao máximo, já que o passeio de barco até a ilha leva em torno de 1 hora. Sendo assim, organize seus horários e seus planos.

Outro ponto importante que deve ser ressaltado é sobre o que levar. Comida e bebida, você pode encontrar em um adorável restaurante que existe por lá, mas considere, ainda, a opção de levar uma mochila com alguns itens básicos: água, protetor solar, óculos de sol, 1 roupa seca, dinheiro e um tênis caso opte por caminhar por trilhas. E, para quem curte o mergulho livre, vale a pena levar um skornel e se “esbaldar” nas águas cristalinas da Ilha do Campeche.

Praia do Campeche
Praia do Campeche - Ilha do Campeche

2 - Riozinho: Ponto de encontro 

Na praia do Campeche, em Florianópolis, existe um local chamado Riozinho. Que pela fama, é movimentadíssimo, principalmente, quando recebem jovens, que buscam opções de esportes náuticos e outros para serem praticados em “terra firme”, como o vôlei de praia, já que no Riozinho, há uma quadra especial para a prática do mesmo. Isso sem falar que, há barras e rampas para aqueles que querem se exercitar. É uma excelente opção para quem quer cuidar do corpo e, de quebra, ter uma boa vista.

Praia do Campeche - Riozinho
Praia do Campeche - Riozinho

3 - História do nome: Duas versões 

Já parou para pensar de onde vem o nome da praia do Campeche? Acredito que não.. E olha, existem duas versões para o nome Campeche. A primeira, é mais elegante, remete a um visitante ilustre e frequente da região, o escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry. A lenda que ficou é que o nome Campeche provém do apelido francês que o visitante costumava chamar o lugar: Campo de pesca, ou seja, Champ et Pêche.

Porém, como a ilha em frente a praia já tinha este nome desde o século anterior, historiadores afirmam que ele provém de um vegetal chamado pau-campeche (Hematoxylon campechianum) da família das Fabraceae, utilizado como planta medicinal e para tinturaria de mesmo nome que, a exemplo do pau-brasil, foi muito procurada no início da colonização.

Praia do Campeche - Entrada
Praia do Campeche - Entrada

4 - Lagoinha Pequena: Ideal para a pesca

A Lagoinha Pequena é outro atrativo marcante do bairro. Está localizada na Avenida Campeche e, um dia, já foi maior. Porém, ainda sim, é muito visitada por moradores e turistas, pois além de ser bela, possui uma quantidade muito grande de peixes. Alguns dos visitantes aproveitam para pescar, nadar e até mesmo navegar. Mas para aqueles que não querem se molhar, a boa é aproveitar a área de convivência recentemente construída, que conta com bancos, iluminação e uma pequena área de arborização.

Praia do Campeche - Lagoinha pequena
Praia do Campeche - Lagoinha pequena

5 Baleias Francas: Um espetáculo da natureza

Essa dica é mais que especial, viu?! Pois você terá o privilégio de ver algo que poucos viram: baleias francas. Sim, isso mesmo que você leu. A praia do Campeche, principalmente entre os meses de e agosto, é o destino certeiro de baleias francas. Fazendo da praia, um verdadeiro berçário para espécie. Você realmente precisa ver o show que elas dão nas águas de Campeche. É inacreditável!

Praia do Campeche - Baleias francas
Praia do Campeche - Baleias francas

6 - Biblioteca livre do Campeche: Um convite a leitura

Para quem gosta de ler, a “Bilica” é um prato cheio (de livros, rs). Mas espere aí, para que você entenda, “Bilica” é uma Biblioteca livre do Campeche. Que foi construída por um grupo de moradores empenhados em levar a leitura a pessoas da região. E a biblioteca cresceu, viu?! Pois, atualmente, conta com um acervo de obras diversificadas de acesso irrestrito, além, é claro, da narração de histórias e grupos que utilizam o espaço para fazer seus encontros. Vale a pena conhecer e se aventurar em meio ao mundo das histórias.

Praia do Campeche - Biblioteca
Praia do Campeche - Biblioteca

Um pouquinho mais sobre a praia do Campeche e o que fazer por lá:

Características naturais do Campeche

São 11,5 quilômetros de praia, com faixa de areia branca, fina e larga. O mar do Campeche é grosso, com águas frias e de salinidade geralmente elevada. As ondas são fortes e as de direita com ondulação de sul proporcionam  condições ideais para o surf, o que torna a praia um dos principais redutos do esporte em Florianópolis.

As dunas do Campeche abrigam uma área de 121 hectáres e são tombadas como Patrimônio Natural e Paisagístico do município. A área é um campo de dunas fixas, semi-fixas e móveis, situado ao longo da praia. Nestes locais encontra-se vasta vegetação de restinga, herbácea e arbórea; e também vegetação rasteira.

Praia do Campeche - Dunas do Campeche
Praia do Campeche - Dunas do Campeche

História do Campeche 

De acordo com dados da prefeitura, o mapa 1786 mostra que toda orla leste era tida como única praia, a praia do Mandú. O mapa de Paulo José Miguel de Brito revela que a ilha do Campeche já tinha esse nome desde 1790. A partir de 1860, a praia também passou a ser chamada de Campeche. Havia muito Campeche ou pau de Campeche na Ilha, no período de colonização, então aí surgiu o nome.

Há outra versão, mais popular e difundida. O correio aéreo francês Sociêté Latécoère, na década de 20, optou por construir, no Campeche, um campo de pouso para reabastecer os voos Paris - Buenos Aires. O escritor Saint-Exupéry era o comandante da rota e parava sempre para descansar. Encantado, fez amizades e ficou um tempo por aqui. Dizem que o nome Campeche surge neste momento, quando o frânces dizia Champ et Pêche para designar o Campo de Pesca.

Enfim, sabe-se que o Campo de Aviação marcou história, sendo o primeiro aeroporto internacional do sul do país. E a principal rua do bairro leva o nome de Pequeno Príncipe, principal obra de Saint-Exupéry.

Como chegar a Ilha do Campeche?

Por ser uma cidade turística e recebendo gente nova o tempo inteiro, Floripa é de fácil acesso. Os voos para o Aeroporto Internacional Hercílio Luz chegam de todos os cantos, e com muitas opções. E o melhor, ele não fica longe dos pontos de saída para a Ilha do Campeche. Para quem pretende ir de carro, chegar na capital também é bem simples, através das rodovias federais BR 101 e BR 282.

Ao chegar, é preciso escolher um dos três locais onde de onde saem embarcações para a Ilha do Campeche. E aí tem tudo ver com onde vai se hospedar. A saída mais próxima do centro e com melhor estrutura é a Barra da Lagoa, que fica na Lagoa da Conceição, principal point da cidade e repleta de opções de lazer. Mas o barco leva 1h20 para fazer o trajeto.

Também é possível sair da praia do Campeche, com percurso de 15 minutos em botes infláveis.

E o terceiro ponto de saída é a praia da Armação, ainda mais ao sul de Florianópolis, com barcos de pesca que levam 40 minutos até a Ilha de Campeche. Seja qual for a alternativa escolhida, pode ter certeza que vale a pena.

Praia do Campeche - Ilha do Campeche
Praia do Campeche - Ilha do Campeche

Quando ir e o que levar para a praia do Campeche?

Naturalmente, o clima fica melhor no verão. Afinal, praia combina com muito sol e calor, né. Mas a alta temporada apresenta uma cidade ainda mais cheia, e a Ilha do Campeche também recebe mais visitas na estação. O inverno não é tão recomendado porque Floripa fica no sul do país, então pode fazer frio. O momento ideal para visitar o local, então, pode ser mesmo as estações intermediárias: outono e primavera. Em ambas é possível pegar tempo bom sem estar muito lotada.

Como é uma ilha, não se pode esquecer de levar sua sunga ou biquíni, já que as praias são as maiores atrações de lá. Mas também existem trilhas, então é necessário apostar em roupas leves e adequadas para a caminhada no meio do mato. O protetor solar é indispensável, enquanto repelentes são bem vindos. E a câmera fotográfica não pode faltar, né, para captar toda a beleza da Ilha do Campeche.

Vida noturna praia do Campeche 

A vida noturna na praia do Campeche é muito agitada e com atrações para todos os gostos. Ao retornar da Ilha do Campeche, o turista pode descer na Barra da Lagoa e rumar para a Lagoa Conceição, por exemplo - sempre repleta de gente em busca das suas famosas boates, bares e restaurantes, considerada o bairro mais divertido da capital catarinense. Em Campeche e na Armação, os outros pontos de desembarque, também não faltam alternativas, embora a estrutura não seja a mesma.

Quem estiver com disposição pode rumar para a Costa Norte, principalmente na badaladíssima Jurerê Internacional, com seus beach clubs. Neles, as festas rolam na praia durante o dia, mas muitas se estendem até depois do anoitecer.

É só escolher o que mais agradar e curtir, mas sem esquecer de descansar para muito mais diversão no dia seguinte, afinal, o nome Ilha da Magia não foi dado por acaso.

Praia do Campeche - Vida noturna
Praia do Campeche - Vida noturna

Gastronomia na praia do Campeche

Os bares à beira-mar oferece opções diversas aos turistas, mas a especialidade dos bares da praia do Campeche são frutos do mar e sequência de camarão. Na rua principal de entrada na praia existem vários restaurantes, que ficam um ao lado do outro. Tem sorveteria para se refrescar nos dias quentes e lanchonete com o saboroso e famoso açaí na tigela. No decorrer da praia existem poucos estabelecimentos. Somente na alta temporada tem muita barraca, com milho, batidinha, sucos, sanduíches naturais e etc.

Já no bairro, na Av. Pequeno Príncipe e Av. Campeche, lugares com diversas especialidades: vegetariano, churrascaria, hamburgueria, lanchonetes, sorveterias, sushi, pizzarias, comida italiana mais sofisticada, entre outros. Ou seja, tem restaurantes para todos os gostos. Aproveite!

Praia do Campeche - Gastronomia
Praia do Campeche - Gastronomia

Trilhas na Ilha do Campeche

Se você gosta de fazer trilhas, saiba que na praia do Campeche há 6 boas opções. Algumas das opções disponíveis só podem ser realizadas junto a um monitor ambiental. As trilhas são pagas (algo entre R$10 e R$20), sendo o dinheiro utilizado para a manutenção da Ilha e o restante para o fundo de manejo da Ilha do Campeche. No total são 6 trilhas, mas uma (caverna dos morcegos) está fechada por tempo indeterminado. A trilha mais longa só pode ser realizada após um agendamento prévio, e deve ser feitas por visitantes com bom condicionamento físico. As outras trilhas presentes na ilha são:

1 - Letreiro

Duração: 30min.

Grau de dificuldade: Médio.

2 - Pedra fincada

Duração: 30 a 40 min. Grau de dificuldade: Baixo.

3 - Volta norte

Duração: 2 horas. Grau de dificuldade: alto.

4 - Pedra preta do sul

Duração: De 40 a 50 min. Grau de dificuldade: Médio.

5 - Pedra da vigia

Duração: 40 min. Grau de dificuldade: Médio.

Aluguel de temporada Campeche

E aí, curtiu saber um pouquinho do que você vai encontrar na praia do Campeche? Aposto que sim! Pois é impossível não se encantar com um paraíso desses. Mas, antes de pegar a estrada e partir para a praia do Campeche, que tal deixar tudo certo para a hospedagem? Para fazer isso é bem simples, basta dar uma olhadinha no portal TemporadaLivre e conferir as diversas opções de casas e apartamentos para aluguel de temporada Campeche.

Imóveis para alugar por temporada na Praia do Campeche, Florianópolis

Veja também:

- Conheça os melhores restaurantes de Campeche e se delicie;

- 5 Trilhas incríveis para fazer na Ilha do Campeche - SC.


Editar post

Veja os post mais lidos do TemporadaLivre!

Como alugar meu imóvel por temporada?

29/01/2019

Feriados prolongados de 2019

28/01/2019

Qual é a melhor época para ir para Orlando, Flórida!

25/01/2019

4 motivos para conhecer Porto de Galinhas - PE

24/01/2019